09/06/2022 - 16:30

A entrega do novo espaço será realizada nesta sexta-feira (10) e fará parte da agenda oficial de governo, contando com a presença do governador Helder Barbalho, às 9h.


A  Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) terá nova sede, na capital paraense. A entrega do novo espaço será realizada nesta sexta-feira (10) e fará parte da agenda oficial de governo, contando com a presença do governador Helder Barbalho, às 10h.

A Agência de Defesa atua para garantir a segurança no consumo de produtos agropecuários, a preservação do meio ambiente e a competitividade do agronegócio paraense. Os investimentos do Governo na Agência proporcionam melhor estrutura para chegar às propriedades mais distantes, atendendo a todos os produtores rurais e garantindo uma produção livre de pragas.

A Adepará alinha as ações institucionais aos objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ODS/ONU), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e, principalmente, aos dos produtores rurais.


Foto: Divulgação

 

Conforto- A nova sede dispõe de projeto moderno, inovador, e ao mesmo tempo funcional e confortável. Foram observadas as condições climáticas da região, para o melhor aproveitamento da energia solar, ventos e das águas pluviais. A otimização dos espaços, a forma e a função dos ambientes pretendem contribuir com o máximo de conforto para os usuários.

O projeto destinou-se para uma unidade de uso institucional contendo garagem, pavimento térreo mais três pavimentos, localizado na Tv. Mariz e Barros, 1.184, no município de Belém.

Atualmente, a Adepará tem 176 postos de atendimento, número maior que o de municípios paraenses, que são 144. A Agência de Defesa tem perspectivas positivas para o ano de 2022, a partir do reforço da estrutura institucional e do alcance da excelência sanitária dos produtos que chegam à mesa da população. 

A proposta da atual gestão é estruturar cada vez mais a Agência para fortalecer as ações, buscando ser uma referência nacional em defesa agropecuária, garantindo a segurança do consumo de produtos agropecuários, com a preservação do meio ambiente e com competitividade para tornar os produtos paraenses cada vez mais competitivos nos mercados regional, nacional e global.

texto por Manuela 

Veja Também

Multimidia

Ver: