Sobre acessibilidade

Áreas

29/04/2020 - 14:15

 

A Adepará tem adotado medidas de prevenção, por conta da pandemia do novo coronavírus. Uma delas foi instituir o trabalho remoto dos servidores da instituição, que pode ser feito direto de suas residências.

A engenheira agrônoma e servidora da Adepará, Adra David, que atua nos municípios de Redenção, Santa Maria das Barreiras e Pau D'Arco, está realizando o trabalho de cadastros e inspeções de soja. "Eu separei meu horário em casa em dois períodos, duas a três horas pela manhã e à tarde também. Algumas coisas eu faço em casa, mas algumas vezes eu preciso sair para fazer fiscalizações em revendas, mas usando máscaras e outros acessórios". Adra é mãe de três adolescentes e, além de executar as atividades da Adepará, ela também separa um tempo para ajudar os filhos com as lições do colégio.

No município de Canaã dos Carajás, sudeste paraense, os telefones de contato da Unidade Local de Sanidade Agropecuária (Ulsa) foram inseridos num mural em frente ao escritório da Adepará. Renan Sousa, Assistente Administrativo, falou sobre o atendimento, que está sendo realizado via internet, por ligação ou presencialmente. "Os produtores entram em contato com a nossa equipe por telefone ou eles comparecem ao escritório local, mas respeitando a distância de 1,5 metros e usando os materiais de higienização das mãos e rosto", disse.

E na sede da Agência, em Belém, a estagiária Thaís Alexandre afirma que a Adepará, assim como os demais órgãos do Governo, mostra que o trabalho é de suma importância e as atividades remotas vieram para facilitar e ajudar. "Ficar em casa, nesse momento de pandemia, requer organização. Então procuro estipular horários para conseguir cumprir todas as demandas. No dia a dia normal, tenho horário para cada tarefa, seja estudar, trabalhar ou atividades de casa. Então, procuro manter esses mesmos horários em home office, assim o desempenho se mantém", informou. Ela também alega que essa é uma maneira de dar continuidade aos serviços prestados e garantir que os servidores da sede e das regionais possam continuar desenvolvendo o serviço de defesa agropecuária.

As medidas de prevenção da Adepará promovem a saúde do servidor e trabalho decente, conforme os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU).