Sobre acessibilidade

Áreas

18/12/2017 - 15:00

As ações da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) receberam um importante reforço. O governador Simão Jatene realizou no último sábado (16), a entrega de 63 veículos novos– entre caminhonetes e motocicletas – para as Unidades Locais de Sanidade Agropecuária (Ulsas) de 40 municípios paraenses. Os veículos entregues durante cerimônia em Marabá, representam um investimento de R$ 4 milhões, originários de recursos próprios da Adepará, e vão fortalecer o trabalho dos técnicos da Agência na busca pela sanidade do rebanho e dos produtos de origem animal e vegetal no Estado.

“Investir em sanidade é investir em qualidade de vida e garantir a boa procedência do que produzimos, e os veículos vão dinamizar o trabalho feito pela Agência nos municípios. Estamos aumentando o trabalho de defesa agropecuária e evitando a entrada de pragas e doenças e reforçando o trabalho de vigilância constante. Dessa forma, estamos contribuindo para agregar valor aos nossos produtos”, disse Luiz Pinto, diretor geral da Adepará, acrescentando que a sanidade da produção constitui uma forma de atrair novos investimentos e, automaticamente, aquecer a cadeia produtiva e a economia local.

Durante a entrega dos veículos, o governador destacou os avanços conquistados pela Adepará nos últimos anos e a importância dos veículos novos para as unidades municipais. “Pensar que há dez anos não pensávamos nem como iríamos conseguir colocar o Pará como livre de aftosa com vacinação. E hoje, já estamos no processo de alcançar o status de livre da aftosa sem vacinação. Isso é graças ao trabalho das equipes nos municípios, que são incansáveis para garantir a sanidade dos nossos produtos. Esses veículos com certeza irão fazer a diferença no trabalho desses técnicos, facilitando o acesso as propriedades e

Segundo o gerente regional de Xinguara, Clecio Witeck, os novos veículos vão facilitar o trabalho no campo e dinamizar as ações de defesa agropecuária no Pará. “Veículos em bom estado certamente vão permitir que continuemos crescendo e avançando em nossas atividades de fiscalização”, completou.