23/05/2022 - 10:00

Evento realizado de 20 a 22 de maio em Primavera, no nordeste do estado, irá reunir vários segmentos da cadeia produtiva, além de fiscais agropecuários



Foto: arquivo

 

A  Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) participa da 18ª Edição do Apipará, maior evento da Apicultura e da Meliponicultura da Amazônia, que será realizado desta sexta-feira (20) até o próximo domingo (22), no município de Primavera, no nordeste do Pará.

No domingo (22), os fiscais estaduais agropecuários da Agência farão uma oficina para explicar para os criadores de abelhas como eles devem efetuar o cadastro na Adepará e garantir a sanidade da cadeia apícola no estado.

Durante o evento, a Adepará fará o pré-cadastro dos criadores e será demonstrado o funcionamento do Sistema de Integração Agropecuária (Siapec), um portal de serviços por meio do qual o produtor rural emite documentos, realiza consultas e atualiza a sua situação cadastral. O cadastramento dos apicultores é um passo importante e fundamental para a defesa sanitária porque, a partir disso, é possível fazer a prevenção e o controle das doenças das abelhas. 

De acordo com a médica veterinária Márcia Penna, da Gerência Estadual do Programa Nacional de Saúde das Abelhas, atualmente existem 91 apicultores cadastrados na Adepará e a estimativa é que muito mais produtores sejam cadastrados.

“A partir dos cadastros nós vamos poder ir nas propriedades, que podem estar localizadas na zona rural ou na área urbana, vamos começar a receber a notificação de doenças e, assim, poder identificar as doenças que são de notificação obrigatória e as que precisam ser controladas”, informa Márcia Penna. 

Além do cadastro, a equipe da  Adepará irá realizar uma ação educativa no evento com a finalidade de divulgar as ações de defesa agropecuária no estado voltadas para o Programa Nacional de Saúde das Abelhas, que é coordenado pela Agência em todo o estado.

“O objetivo é tanto prevenir doenças quanto garantir mercado, nacional e internacional, porque exportamos muito mel, muito pólen, cera de abelhas e outros produtos derivados. A exportação só não é maior porque ainda não há o controle de doenças e o mercado internacional é muito exigente. Então, com esse controle, a exportação irá aumentar porque o potencial é muito grande”, diz a gerente.

Para atender ao programa, a Adepará está capacitando 95 servidores, entre médicos veterinários e técnicos agrícolas, por meio da Escola Nacional de Gestão Agropecuária (ENAGRO). As aulas teóricas estão ocorrendo a distância (EaD) e as aulas práticas serão  promovidas pela Adepará em parceria com o Instituto Federal do Pará (IFPA) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) nos meses de julho a setembro de 2022.

Programa Nacional de Saúde das Abelhas

A Adepará é o serviço veterinário oficial responsável por colocar em prática o Programa Nacional de Saúde das Abelhas (PNSAb). A Agência faz o cadastro, o controle de trânsito e a prevenção e erradicação de doenças das abelhas. O objetivo é fortalecer a cadeia produtiva apícola, por meio de ações de vigilância e defesa sanitária animal. Cabe à Adepará prevenir, diagnosticar, controlar e erradicar doenças e pragas que possam causar danos à cadeia produtiva apícola. E ainda, promover a educação sanitária, os estudos epidemiológicos, cadastramento, fiscalização e certificação sanitária, além de intervenção imediata quando da suspeita ou ocorrência de doença ou praga de notificação obrigatória.

 Serviço: A Apipará é uma realização da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), Prefeitura de Primavera, Federação dos Criadores de Abelha do Pará, Sistema OCB/PA, Federação da Agricultura do Estado do Pará e Cooperativa dos Agricultores Familiares de Primavera. O evento será realizado de sexta-feira (20) até domingo (22), na rua General Moura Carvalho, próximo à sede da Prefeitura Municipal, em Primavera. 

Texto: Rosa Cardoso/Ascom Adepará 

Veja Também

Multimidia

Ver: