Sobre acessibilidade

Áreas

05/09/2017 - 09:30

A Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) entregou aos servidores nesta sexta-feira (1º), em cerimônia realizada na Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa), 59 veículos, entre caminhonetes e carros de pequeno porte, para melhorar a frota e as condições de trabalho das equipes que atuam na defesa agropecuária no Estado. A entrega dos veículos está inserida nas ações de revitalização e reequipamento das unidades regionais e Unidade Local de Sanidade Agropecuária (Ulsa) nos municípios.

Os veículos possuem todos os dispositivos para garantir maior segurança, conforto e rapidez no trabalho dos técnicos do órgão. O diretor-geral da Adepará, Luiz Pinto, ressaltou a importância do cuidado com os carros utilizados nas ações da Agência. “Esse é o principal meio para vocês chegarem às propriedades mais distantes e poderem cumprir a missão de vocês, que é garantir a qualidade da comida que chega até o consumidor. Então, cuidem desse bem que vocês estão recebendo hoje, porque é através dele que o trabalho de vocês pode ser realizado com agilidade e eficácia”, destacou o gestor.

Graziela de Oliveira, gerente regional em São Geraldo do Araguaia, no sul do Pará, ressaltou a importância do veículo para as ações da Adepará. “O carro é importante para podermos dar continuidade ao trabalho de defesa sanitária. É primordial ter um veículo em bom estado, para que possamos realizar nosso trabalho e chegar até as localidades mais distantes”, disse ela.

O médico veterinário Felipe Baraldi, que atua na unidade da Adepará em Rondon do Pará, no sudeste, também ressaltou que o “carro é extremamente importante para nossa atividade, principalmente porque trabalhamos na zona rural e o acesso é complicado. Além disso, tem época do ano que tem muita chuva, então necessitamos de caminhonete para ir às propriedades e ter um veículo traçado facilita muito”.

Valorização - A entrega dos veículos ocorreu durante o último dia da reunião do Grupo Especial de Atendimento Sanitário a Enfermidades Emergenciais ou Exóticas (Gease), que enfatizou procedimentos para atender casos de doenças emergenciais em suídeos. O treinamento foi voltado para os fiscais estaduais agropecuários da Adepará, de outros Estados que compõem a Amazônia Legal e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que atuam no Pará.

O presidente da Faepa, Carlos Xavier, destacou a valorização do servidor. “Esse momento mostra como a nova gestão da Adepará está pensando na valorização do servidor, pois sem os equipamentos, o conhecimento e os meios corretos, fica impossível fazer defesa agropecuária no nosso Estado, que é repleto de especificidades”, afirmou.

Para Sérgio Amaral, veterinário da Adepará que atua em Marabá, município do sudeste, o curso foi importante para os servidores, que tiveram aula prática e simulação em campo, com a oportunidade de colocar em prática o aprendizado. “Foi o melhor curso de atendimento emergencial realizado pela Adepará, tanto pela qualidade dos ministradores do curso, como pelo conhecimento que adquirimos. Nosso trabalho está sendo mais valorizado, principalmente agora com a entrega desse veículo, que vai nos ajudar muito”, ressaltou.

Clésio Souza, superintendente do Ministério da Agricultura no Pará, falou sobre a responsabilidade da atual gestão ao valorizar o servidor. “Os cursos, as palestras e a entrega desses veículos pela Adepará mostram a responsabilidade com o dinheiro público, e com o servidor que trabalha no campo. Ressaltamos aqui também o compromisso do Ministério, por meio da retomada dos convênios com o Estado, que com certeza vão trazer mais benefícios para os trabalhadores”, acrescentou.