Sobre acessibilidade

Áreas

30/01/2019 - 14:15

 

     O workshop do Sistema Informatizado SIAPEC 3 – Sistema de Integração Agropecuária  realizado nos dias 29 e 30 de janeiro, no auditório da Agência, com a  presença do  diretor-geral da empresa  SM soluções, Sylvio Maggessi   que veio à Belém à convite da direção-geral da Adepará para ouvir as sugestões e reclamações identificadas nesta fase de implantação da ferramenta pelos servidores da  Agência.

   O SIAPEC  3 traz  uma versão nova com uma série de melhorias que irá facilitar o acesso pelo produtor.  Trata-se de uma ferramenta importante que atua nas áreas de defesa animal, vegetal e inspeção já utilizado em dez estados do Brasil com bons resultados. “Este workshop inédito promovido pela atual gestão da Adepará é fundamental, pois com esse feedback identificamos o que pode ser feito para otimizar  ainda mais os resultados do SIAPEC 3”, avalia  Sylvio.

  O workshop promoveu uma troca de informações sobre a utilização e eficácia do  SIAPEC entre  os servidores e a empresa responsável pelo sistema. A nova versão do sistema informatizado traz à  Adepará,  maior segurança e credibilidade às atividades sanitárias, facilitando  na emissão da   Guia de Trânsito Animal – GTA, cadastros de proprietários, produtores, estabelecimentos, veterinários, campanhas de vacinação, além de cadastros da área  vegetal, de Inspeção e fiscalização, Cadastro Ambiental Rural – CAR, dentre outros. O SIAPEC 3 organiza toda   a base de dados da produção  do Estado do Pará, garantindo um controle interno  com uma dinâmica de gestão que vai mostrar a força do setor rural do Pará.   

Na avaliação do Gerente de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal,Augusto Peralta,   as  principais dificuldades  identificadas pelos produtores e veterinários ocorre pela falta de habilidade para usar o SIAPEC 3, por isso discutimos neste wokshop  a necessidade de   produzir vídeo-aulas e tutoriais que  irão  mostrar  o passo-a-passo de como funciona o sistema, para  auxiliar os   produtores rurais e os servidores da Adepará, declara Augusto.   

 Lucivaldo Lima, diretor-geral da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) reforça que  a Agência tem  como objetivo produzir soluções inteligentes para os produtores rurais e consumidores que precisam confiar na credibilidade dos produtos do nosso Estado.  "Atualmente, o país passa por uma revisão dos conceitos de produção, através da revolução 4.0, que busca integrar novas tecnologias aos nossos processos de vida, gestão de negócios e instituições e serviços, por isso, o SIAPEC 3 é ferramenta fundamental, pois moderniza e agiliza a inserção de dados zoossanitários, além de melhorar o fluxo das informações, permitindo acesso em tempo real às informações sanitárias da defesa animal” , explica Lucivaldo.  

O  SIAPEC 3 entrou em vigor no  início do mês de  janeiro através de um link disponibilizado no site da Adepará.

     O workshop do Sistema Informatizado SIAPEC 3 – Sistema de Integração Agropecuária  foi realizado nos dias 29 e 30 de janeiro, no auditório da Agência, com a  presença do diretor-geral  da empresa  SM soluções,  responsável pelo sistema, Sylvio Maggessi   que veio à Belém à convite da direção-geral da Adepará para ouvir as sugestões e reclamações identificadas nesta fase de implantação da ferramenta pelos servidores da  Agência.

   O SIAPEC  3 traz  uma versão nova com uma série de melhorias que irá facilitar o acesso pelo produtor.  Trata-se de uma ferramenta importante que atua nas áreas de defesa animal, vegetal e inspeção já utilizado em dez estados do Brasil com bons resultados. “Este workshop inédito promovido pela atual gestão da Adepará é fundamental, pois com esse feedback identificamos o que pode ser feito para otimizar  ainda mais os resultados do SIAPEC 3”, avalia  Sylvio.

   O workshop promoveu uma troca de informações sobre a utilização e eficácia do  SIAPEC entre  os servidores e a empresa responsável pelo sistema. A nova versão do sistema informatizado traz à  Adepará,  maior segurança e credibilidade às atividades sanitárias, facilitando  na emissão da   Guia de Trânsito Animal – GTA, cadastros de proprietários, produtores, estabelecimentos, veterinários, campanhas de vacinação, além de cadastros da área  vegetal, de Inspeção e fiscalização, Cadastro Ambiental Rural – CAR, dentre outros. O SIAPEC 3 organiza toda   a base de dados da produção  do Estado do Pará, garantindo um controle interno  com uma dinâmica de gestão que vai mostrar a força do setor rural do Pará.   

  Na avaliação do Gerente de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal,Augusto Peralta,   as  principais dificuldades  identificadas pelos produtores e veterinários ocorre pela falta de habilidade para usar o SIAPEC 3, por isso discutimos neste wokshop  a necessidade de   produzir vídeo-aulas e tutoriais que  irão  mostrar  o passo-a-passo de como funciona o sistema, para  auxiliar os   produtores rurais e os servidores da Adepará, declara Augusto.   

   Lucivaldo Lima, diretor-geral da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) reforça que  a Agência tem  como objetivo produzir soluções inteligentes para os produtores rurais e consumidores que precisam confiar na credibilidade dos produtos do nosso Estado. Atualmente, o país passa por uma revisão dos conceitos de produção, através da revolução 4.0, que busca integrar novas tecnologias aos nossos processos de vida, gestão de negócios e instituições e serviços, por isso, o SIAPEC 3 é ferramenta fundamental, pois moderniza e agiliza a inserção de dados zoossanitários, além de melhorar o fluxo das informações, permitindo acesso em tempo real às informações sanitárias da defesa animal.  A partir deste wokshop, a Adepará formará um time de servidores para acompanhar e monitorar a funcionalidade do SIAPEC 3, acompanhando os atores internos, os stakeholders ( servidores e colaboradores) que fazem o dia a dia do sistema, identificando os pontos fortes e fracos  que precisam ser melhorados no SIAPEC para se construir um crononograma de trabalho e atender com agilidade o produtor rural.

O  SIAPEC 3 entrou em vigor no  início do mês de  janeiro através de um link disponibilizado no site da Adepará.