Sobre acessibilidade

Áreas

Adepará emitiu quase 550 mil guias de trânsito animal em 2016

Quase 550 mil Guias de Trânsito Animal eletrônica (e-GTAs) foram emitidas através do sistema controlado pela Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), no ano de 2016. Apenas para a finalidade de engorda, cerca de 6,5 milhões de bovídeos (bovinos e bubalinos) foram movimentados dentro do estado do Pará, com mais de 180 mil documentos oficiais emitidos.

Cresce número de estabelecimentos de produtos artesanais no Pará

Considerada uma das principais apostas econômicas do governo, a produção artesanal paraense também possui um importante caráter social, principalmente porque é executada na maioria das vezes por pequenos produtores e agricultores familiares do interior do Estado.

Esse tipo de produção foi regulamentada no Pará em 2015, quando foi publicado o decreto que complementou a regulamentação da Lei nº 7565, de 25 de outubro de 2011, que trata das normas para licenciamento, registro e comercialização de produtos artesanais comestíveis de origem animal e vegetal no Estado.

Pará quer erradicar a peste suína até o final do ano

Neste início de ano, a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) intensificou as ações de cadastramento do rebanho suíno paraense. Técnicos da Agência estão visitando propriedades rurais em todo o Estado, para identificar e cadastrar os animais existentes.

Pará inicia campanha de vacinação contra a brucelose

Começou no dia 01 de janeiro a primeira etapa da campanha de vacinação contra a brucelose no Pará. A doença, causada por uma bactéria, atinge bovinos e bubalinos tanto de corte quanto de leite e causa grandes prejuízos para os produtores. A imunização do rebanho, realizada em fêmeas de 3 a 8 meses, assim como a notificação da vacina junto à Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) podem ser feitas até o dia 30 de junho. A segunda etapa da campanha ocorre entre os dias 01 de julho e 31 de dezembro.

Adepará fecha 2016, certificando agroindústrias de Santa Izabel

O ano de 2017 não poderia começar melhor para duas empresas paraenses, do município de Santa Isabel do Pará. Elas receberam o título de registro da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), documento que autoriza o funcionamento e a comercialização da produção. As agroindústrias são Regiane Macaxeira, que comercializa macaxeiras descascadas e embaladas a vácuo, e Ouro Branco, que produz goma de tapioca. Em janeiro deste ano, mais três empresas deverão receber seus certificados, movimentando a economia, e gerando e emprego e renda para o Estado do Pará.