Sobre acessibilidade

Áreas

Pará quer ampliar áreas livres da febre aftosa no estado

O Pará vai requerer junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) o certificado de área livre da febre aftosa para as zonas de proteção da região do Marajó e dos municípios de Faro e Terra Santa, na fronteira com o Amazonas. Essas são as únicas áreas do Estado que ainda não detém o reconhecimento, portanto, caso o Ministério conceda o certificado, todo o Estado do Pará será considerado área livre da doença.  

Encontro aprimora a gestão da defesa agropecuária no estado

Começou nesta terça-feira (14), o 3º Encontro de Gestão da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará). O evento, que está sendo realizando no Hotel Beira Rio, em Belém, segue até o dia 16, com a participação de diretores e dos gerentes dos programas sanitários estaduais e das diversas gerências regionais da Agência no Estado.

Açaí: riqueza do Pará com mercado garantido dentro e fora do Brasil

Com lugar garantido na mesa dos paraenses, o açaí vem ganhando o mundo, conquistando mercados e levando os sabores da Amazônia cada vez mais longe. O Pará é o maior exportador nacional do fruto e detém 90% da produção mundial – são mais de 100 agroindústrias, beneficiando o fruto e exportado para os mercados internos e externos. Para que essa cadeia continue em franca expansão, a Adepará, por meio da Gerencia de Pragas Quarentenárias, realiza ações de levantamento do ácaro vermelho, praga que pode atingir as palmeiras e trazer sérios prejuízos econômicos para toda a cadeira produtiva.

Semana de saúde vacina mais de 100 servidores da sede da Adepará

Pensando em proporcionar um ambiente de trabalho mais seguro e saudável e melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores, cerca de 100 servidores da sede da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), em Belém, foram imunizados, nesta segunda-feira (13), contra Tétano, Sarampo, Caxumba e Rubéola. A campanha de vacinação faz parte de uma semana de saúde realizada pela Agência. A ação contou com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma). 

Estado do Pará é destaque na produção de queijo artesanal

O Pará possui o quinto maior rebanho bovino do Brasil, com cerca de 20 milhões de animais. A maioria dessa criação é destinada à indústria de corte ou para a exportação do boi vivo. No entanto, o Estado começa a aproveitar esse potencial para ganhar destaque, também, na produção de derivados do leite, como a manteiga, o iogurte e o queijo.