Sobre acessibilidade

Áreas

Adepará dá prosseguimento ao inquérito da brucelose

O estudo epidemiológico da brucelose e tuberculose bovina entrou em sua fase de conclusão. O levantamento é desenvolvido pela Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), seguindo critérios do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), e busca medir a incidência e a distribuição de propriedades e animais infectados com a brucelose e a tuberculose no Estado.

Equipe da Adepará de Faro reforça combate contra a raiva na região

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adepará) vem reforçando o combate à raiva em todo o Pará, após o controle de casos isolados da doença registrados no município de Bragança, no nordeste paraense. Entre as ações está a captura de morcegos, que é o principal vetor de transmissão da raiva. Essa semana, a atividade foi realizada durante três dias em propriedades rurais de Faro, no oeste do Estado. Ações semelhantes estão ocorrendo em Bragança e Viseu.

Certificação garante ampliação de mercados

O diretor de Defesa a Inspeção Animal da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), Jefferson Oliveira, visitou as obras de ampliação da empresa Filé do Mangue, localizada na comunidade do Treme, no município de Bragança. Esta é a primeira agroindústria de produção de carne de caranguejo de todo o país a receber autorização para comercialização do produto, ainda em 2015.

Comissão que estudará mudanças na lei de defesa animal tem primeira reunião

Nesta sexta-feira (03) será realizada a primeira reunião do grupo de trabalho que estudará, pelos próximos meses, a reforma da lei estadual nº 6.712/05, que trata sobre a defesa sanitária animal no Estado. A comissão, formada por técnicos da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), proporá alterações, para torna-la mais atual e ágil.

Mais de 100 fiscais estão habilitados no Pará para realizar educação sanitária

Cerca de 110 fiscais, entre médicos veterinários e engenheiros agrônomos, estão hoje habilitados em várias regiões do Pará para fazer o trabalho de educação sanitária, atividade de grande importância que procura sensibilizar, conscientizar e motivar as comunidades rurais e urbanas para o controle e/ou erradicação da doença dos animais e vegetais. No Estado, as ações são desenvolvidas pela Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), por meio da Gerência de Educação Sanitária e Comunicação (Ges).