Sobre acessibilidade

Áreas

Somente veterinários com certificado de Resenha e Coleta de Amostra de sangue de Equídeos e habilitados na Adepará poderão enviar amostras sanguíneas aos laboratórios

Image: 

Visando cumprir o que determina a Legislação Federal do Ministério da Agricultura (IN 06, de 16/01/2018) e também a Legislação Estadual (IN 002/2017, de 04/04/2017) deste órgão, sobre a habilitação de médicos veterinários do setor privado para coleta de material e requisição para exames de AIE e mormo, informamos que a partir de julho de 2018, somente os veterinários que já possuírem a habilitação junto a Adepará, poderão enviar amostras sanguíneas aos laboratórios para diagnóstico de Anemia Infecciosa Equina e Mormo.

Pará recebe certificado mundial de área livre de febre aftosa

Image: 

O Pará deu mais um passo importante na garantia da qualidade da carne paraense e na eficácia da preservação da sanidade dos animais. O Estado recebeu nesta quinta-feira (24) o reconhecimento internacional de área 100% livre da febre aftosa, durante a programação da 86ª Assembleia Geral da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), na cidade-sede do órgão, em Paris, na França. A entrega ocorreu em conjunto com outros Estados brasileiros que também alcançaram a certificação, como Amapá, Amazonas e Roraima.

Adepará apreende 300 kg de peixe impróprio para o consumo

Image: 

Agentes da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) apreenderam 300 kg de peixe salgado impróprio para o consumo na manhã desta terça-feira (22). A carga estava em diversos veículos interceptados no Posto Fiscal Agropecuário (PFA) da Adepará, no município de Ourém.

“A carga foi interceptada pela Adepará e estavam indo para feiras municipais e para colônia de agricultores. Como não tem procedência, ou seja, não sabemos a sua origem e como foi processada, ela foi inutilizada”, explica o fiscal estadual agropecuário, Aldernei Simor.

Adepará realiza entrevista do 4º PSS em Marabá

Image: 

A comissão do 4º Processo Seletivo Simplificado da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) realizou na terça-feira (15), entrevista com 81 candidatos do processo no polo de Marabá

Adepará intensifica ações de prevenção à raiva de herbívoros no foco de raiva humana

Image: 

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) atua no controle de raiva de herbívoros no foco de raiva humana no município de Melgaço, localizado no arquipélago do Marajó. Equipes da Agência estão em campo, trabalhando em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), com ações de controle e prevenção da doença junto aos produtores rurais da região atingida, num raio de 12 km a partir da propriedade foco.