Sobre acessibilidade

Áreas

As atividades do Programa de Sanidade Avícola no Estado do Pará seguem as diretrizes do Programa Nacional, com as funções de coordenar e normalizar as ações e detalhar e implementar a execução do programa. A nível estadual, tem como objetivos específicos expandir os mercados externo e interno; estabelecer o desenvolvimento técnico e científico do setor; controlar e/ou erradicar as principais doenças aviárias de transmissão vertical (salmoneloses e micoplasmoses aviárias), e horizontal como a Doença de Newcastle; manter sob vigilância as síndromes e demais doenças de notificação mensal, analisando os fatores intercorrentes de disseminação e contaminação; prevenir a introdução de doenças exóticas; estimular a produtividade e tecnificação dos plantéis avícolas e da indústria, garantindo a qualidade dos produtos e subprodutos.

Ações principais: 

  • Fortalecimento da avicultura paraense de forma sustentável;
  • Realização de investigações sobre ocorrência de enfermidades avícolas no Estado do Pará.

Influenza Aviária Informe-se.

Plano de Contingência para Influenza Aviária e Doença de NewCastle.
 
Folder informativo
 
Leis 

  • Portaria Ministerial nº 730;193 de 19/09/1994 – consolida e reestrutura o PNSA
  • Portaria nº 730;162 do MAPA – dispõe sobre a exportação de ovos férteis de avestruzes
  • Portaria Ministerial nº 730; 116/96 – estabelecimentos avícolas
  • Portaria DAS nº 730;144 – aves exóticas, ornamentais e silvestres
  • Portaria Ministerial nº 730;49 de 11/03/1987
  • Instrução Normativa nº 730; 44 de 23/08/2001 – Micoplasmoseaviária
  • Instrução Normativa nº 730;03 de 09/01/2002 e Instrução Normativa nº 730; 78 de 03/11/2003 – salmonelose aviária.
  • Instrução Normativa nº 730; 32 de 13/05/2002 – Doença de Newcastle e Influenza Aviária.

Contatos:

Fone e e-mail