Sobre acessibilidade

Áreas

Servidores da Adepará participam de programação de Carnaval

Image: 

A Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), por meio da Gerência de Gestão de Pessoas, promoveu na manhã desta quinta-feira (8), uma programação de Carnaval, voltada para os servidores da Agência. Foi realizada uma palestra, ministrada pela assistente social, Sandra Araújo, da URE DIPE, sobre "Prevenção de DS´T e HIV para o ambiente de trabalho", onde foram abordadas formas de prevenção, transmissão, evolução, tratamento e manifestação do vírus HIV e de algumas doenças sexualmente transmissíveis.

Diretor geral da Adepará recebe vereadoras de Oriximiná

Image: 

O diretor geral da Adepará, Luiz Pinto, recebeu na manhã desta quarta-feira (7), na sede da Adepará em Belém, as vereadoras do município de Oriximiná, Josy Seixas, Marta Godinho e Ana Cleyde Batista. O encontrou objetivou discutir ações de defesa agropecuária para o município e a entrega de veículos e motocicletas para a unidade da Adepará em Oriximiná.

Adepará certifica mais três produtores de polpa de fruta

Image: 

Mais três produtores de processamento de polpa de frutas, no município de Tucumã, região sudeste do estado, receberam na segunda-feira (29) o título de registro de produto artesanal vegetal concedido pela Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará). O documento permite a livre comercialização dos produtos em todo o estado.

Adepará apreende 110 mil mudas de açaí que estavam sem autorização de transporte

Image: 

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) apreendeu, na madrugada do último sábado (27), 110 mil mudas de açaí, que estavam sem a autorização de transporte e declarações oficiais. A ação ocorreu na barreira fixa de Gurupi. O produto vinha de São Paulo com destino final no estado do Amapá.

Certificação artesanal vegetal da Adepará agrega valor a produtos paraenses

Image: 

Produtores rurais de todo o estado do Pará estão sendo incentivados pela Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) a emitirem a certificação de produto artesanal vegetal. Um produto registrado na Agência tem trânsito livre no Estado e o reconhecimento pela qualidade, além de ampliar mercados, qualificar os produtos, trazer confiança para os consumidores e gerar renda para o agronegócio, principalmente ao pequeno produtor.