Sobre acessibilidade

Áreas

Ações de defesa sanitária geram avanços no setor agropecuário

Image: 

O ano de 2017 foi de crescimento para o setor agropecuário paraense. A Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) garantiu, por meio de ações de defesa sanitária, importantes títulos de áreas livres tanto no campo vegetal como no animal. Esse trabalho de defesa sanitária busca oferecer aos mercados regularidade e qualidade na produção, nas áreas da agricultura e pecuária. Esses dois segmentos influenciam diretamente na balança comercial, gerando emprego e renda.

Decreto do Governo do Estado cria dois polos citrícolas no Pará

Image: 

O cultivo de cítricos está em ascensão no Pará. Com uma incrível capacidade de produção e clima favorável, o Pará foi o primeiro estado brasileiro a receber o título de Área Livre de Cancro Cítrico e agora conta com dois Polos Citrícolas, no nordeste e oeste paraense. Por meio do decreto nº.1943, publicado nesta sexta-feira, 22, o Governo do estado criou os polos e dispôs sobre a produção, introdução e o comércio de frutos, mudas, borbulhas ou qualquer outro material vegetativo do gênero citrus.

Adepará realiza programação de Natal

Image: 

Para celebrar as festas de fim de ano a Agencia de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) realizou na manhã desta segunda-feira (18), uma programação especial com o objetivo de proporcionar lazer e entretenimento para os servidores.

Adepará entrega 63 veículos novos para gerências regionais de 40 municípios

Image: 

As ações da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) receberam um importante reforço. O governador Simão Jatene realizou no último sábado (16), a entrega de 63 veículos novos– entre caminhonetes e motocicletas – para as Unidades Locais de Sanidade Agropecuária (Ulsas) de 40 municípios paraenses.

Adepará realiza treinamento sobre Programa de Produtos Artesanais

Image: 

Servidores da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) que atuam nos municípios, participam essa semana de um treinamento para formação e habilitação na área de produção para controle e fiscalização. O objetivo é descentralizar a execução do Programa de produtos artesanais de origem animal e vegetal para as equipes que têm contato direto com os produtores nos municípios. O treinamento começou nesta terça-feira (12) e segue até sexta (15).