Sobre acessibilidade

Áreas

Agroindústrias recebem registro artesanal da Adepará

Mais três agroindústrias paraenses receberam o registro artesanal da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará). As empresas são dos municípios de Anapú, Pacajá e Senador José Porfírio, no sudoeste paraense. Com o registro, os estabelecimentos podem comercializar sua produção de forma legal para supermercados e restaurantes, por exemplo, de todo o Estado do Pará. Atualmente, quase 100 agroindústrias artesanais registradas de origem animal e vegetal estão em pleno funcionamento no Estado do Pará.
 

Raiva: agentes de endemias de Soure recebem orientações da Adepará

Mais de 25 agentes de endemias e agentes comunitários de saúde de Soure, na Ilha do Marajó, receberam orientações da equipe da unidade local da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), em mais uma ação de educação sanitária. A atividade foi realizada na manhã desta quarta-feira (26), no auditório da Prefeitura Municipal de Soure, em parceria com a Secretaria de Saúde.

Gurupi: Adepará apreende camarão salgado sem procedência

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) apreendeu, na noite desta terça-feira (25), cerca de meia tonelada de camarão salgado sem procedência. A ação ocorreu na barreira do município de Gurupi, divisa do Estado do Pará com o Maranhão. O produto vinha de Turiaçu, município maranhense, e, provavelmente, abasteceria o mercado paraense. A apreensão teve a colaboração da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Padronização de atividades chega a regional de Abaetetuba

Com o objetivo de padronizar os procedimentos e soluções quanto aos inadimplentes financeiros, a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) está dando continuidade aos trabalhos de supervisão administrativa financeira, por meio da Gerência de Multas, Coordenadoria de Controle Interno e Gerência de Arrecadação. Nesta etapa, as atividades estão sendo realizadas junto à gerência regional de Abaetetuba, que abrange 14 municípios paraenses, desde o dia 17 de abril e seguem até o dia 1 de maio.

Adepará interdita local clandestino e apreende pescado em Santarém

Uma equipe da Adepará de Santarém apreendeu 350 quilos de pescado clandestino na manhã desta segunda-feira (24). O local, que foi interditado pelos agentes, processava pescado clandestino no centro urbano da cidade. A interdição foi feita pela fiscal Andreza Scafi, com o apoio do agente de fiscalização Solon Pessoa.