Sobre acessibilidade

Áreas

Adepará e Mapa alinham ações na área de defesa animal

Image: 

Em reunião realizada na manhã desta quinta-feira (1º), o diretor geral da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), Luiz Pinto, e o superintendente do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no Pará, Clésio Souza, juntamente com suas equipes técnicas, discutiram o fortalecimento e alinhamento das ações conjuntas entre as duas entidades.

Campanha de vacinação contra febre aftosa entra na reta final no Pará

Image: 

Termina na próxima quarta-feira, 31, o prazo para vacinar bovinos e búfalos contra a febre aftosa no Pará. Além de vacinar o animal, o produtor precisa comprovar ao governo a vacinação até o dia 15 de junho. A Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) reforça a chamada para que todos os produtores rurais imunizem seu rebanho contra a doença para garantir a manutenção do status de livre da doença com vacinação, alcançado em 2014 junto à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Pará é destaque na produção de frutas cítricas

Image: 

O Pará está entre os estados brasileiros que mais produzem frutas cítricas e o primeiro a receber o título de Área Livre de Cancro Cítrico. O reconhecimento oficial veio do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio das resoluções nº 1 e nº 6, de março deste ano. Para manter esse status, a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) realiza um trabalho frequente com os produtores de acompanhamento, monitoramento e combate às pragas nas plantações.

Estudo comprova que o Pará está livre da Febre Aftosa

Image: 

O rebanho bovino do estado do Pará está 100% livre da febre aftosa. Essa foi a conclusão do estudo epidemiológico para avaliação de transmissão viral no Estado, realizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em parceria com a Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará). O relatório é referente aos oito municípios paraenses que possuem divisa com os estados do Amazonas e Amapá, áreas consideradas de médio e alto risco para aftosa, respectivamente.

Reunião discute ações de fortalecimento do diagnóstico da raiva no Pará

Uma equipe do Ministério da Saúde esteve reunida, na manhã desta quarta-feira, 17, com uma equipe da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), para discutir e alinhar ações para o fortalecimento do diagnóstico da raiva no Estado. Durante a reunião foi discutida a importância da parceria com laboratórios para um diagnóstico mais rápido dos casos detectados e o reforço de ações de combate à raiva.